Questões frequentes

A psicologia ou o coaching são para mim?

Procurar ajuda profissional é uma decisão pessoal. Existem muitas razões pelas quais as pessoas decidem fazer terapia ou orientação. Por vezes, pretendem aprender a lidar com questões antigas, ou problemas de ansiedade ou depressão. Outras vezes, procuram ajuda para alterações de vida inesperadas, como um divórcio, luto ou mudanças profissionais. Muitas vezes procuram aconselhamento para crescimento pessoal.

Trabalhar com um psicólogo ou um coach pode ajudar a fornecer insight, apoio e novas estratégias para todos os tipos de desafios que a vida apresenta. Pode aprender a resolver várias questões como depressão, ansiedade, questões relacionadas com a imagem corporal, gestão de stress e conflitos, luto, entre outras. A terapia é adequada para qualquer pessoa interessada em tirar um maior proveito da sua vida, através da assunção de responsabilidades, criando mais auto-consciência e trabalhando em direção à mudança.

Como é a terapia?

Cada sessão terapêutica é única e direccionada ao indivíduo e aos seus objectivos e, de forma geral, os terapeutas intervêm nas principais questões e preocupações. É comum agendar uma série de sessões de frequência semanal, com a duração de cerca de 45 minutos cada. A terapia poderá ser de curta-duração, focada numa questão específica, ou de longa duração, focada em questões mais complexas ou de contínuo crescimento pessoal. Por vezes, poderá ser solicitado que tome certas acções fora das sessões de terapia, como manter o registo diário de certos comportamentos ou pensar sobre uma atitude. É importante processar e integrar o que foi discutido durante as sessões. Para a terapia ser o mais eficaz possível, deverá ser participante, durante e entre as sessões. Quem procura terapia está disposto a aceitar a responsabilidade sobre as suas acções, trabalhar em direcção a uma mudança pessoal e a criar mais consciência nas suas vidas. 

Pode esperar da terapia:

  • Estratégias reais para promover mudanças positivas 

  • Respeito e compreensão

  • Visão para iluminar os padrões e sentimentos negativos

  • Técnicas comprovadas e efectivas juntamente com orientações práticas

As sessões são confidenciais?

Na generalidade, a lei e o código de ética protege a confidencialidade de todas as comunicações entre cliente e terapeuta/coach. Nenhuma informação é partilhada sem prévio consentimento escrito do cliente.

Contudo, existem algumas excepções exigidas pela lei e pelo código, que incluem:

  • Suspeita de abuso infantil ou de idosos ou adultos dependentes. O terapeuta é imediatamente obrigado a reportar estas situações às autoridades competentes.

  • Se um cliente ameaça danos corporais graves a outra pessoa. O terapeuta é obrigado a notificar a polícia.

  • Se um cliente pretende magoar-se a si mesmo. O terapeuta fará todos os esforços para trabalhar com o sujeito de forma a garantir a sua segurança. Contudo, se este não colaborar, serão tomadas medidas adicionais.

Como sei se escolhi o terapeuta/coach indicado?

É importante escolher um terapeuta ou um coach qualificado. Nas primeiras sessões, preste atenção aos seus instintos, faça questões se precisar e partilhe se sentir algum desconforto. A confiança e a empatia são princípios base para o sucesso da intervenção. Ao longo das sessões, é importante que se sinta ouvido e que se vá sentido progressivamente mais confortável. Caso isso não aconteça, poderei indicar um diferente terapeuta/coach que pareça ajustar-se bem ao seu perfil.

Normalmente, consigo lidar com os meus problemas. Preciso mesmo de ajuda profissional?

Todas as pessoas passam por situações desafiantes na vida e, embora possa ter lidado bem com muitas dificuldades que foi encontrando na sua vida, não existe nada de errado em procurar ajuda extra quando precisar. Ter auto-consciência suficiente para entender quando precisa de apoio é positivo. A terapia e o coaching proporcionam benefícios e suporte duradouros, dando-lhe ferramentas para evitar triggers e redireciona padrões prejudiciais.

Tenho amigos que me ouvem de forma gratuita. Como é que a terapia e o coaching me podem ajudar mais que isso?

Ter um amigo que esteja presente para nos ouvir com compreensão e paciência é sempre positivo, mas pode não ser suficiente para resolver a sua questão ou dificuldade. Existem variados benefícios em fazer psicoterapia ou coaching. Os terapeutas proporcionam apoio especializado, competências de resolução de conflitos e desenvolvem estratégias para lidar com várias questões como depressão, ansiedade, perturbações alimentares e questões relacionadas com a imagem corporal, dificuldades nas relações, questões de infância mal resolvidas, luto, gestão de stress e bloqueios criativos. Muitas pessoas também sentem que a terapia e o coaching pode ser muito importante para o crescimento pessoal, relações interpessoais, preocupações familiares, questões matrimoniais e  os desafios do dia a dia. Os terapeutas podem providenciar uma nova perspectiva de um problema ou direcioná-lo para uma nova solução. A ajuda que obtém ao longo das sessões depende de como usa o processo e pratica o que apre(e)nde.

Alguns dos benefícios podem incluir:

  • Atingir uma melhor compreensão de si mesmo, dos seus objectivos e valores.

  • Desenvolver competências para melhorar as suas relações.

  • Encontrar soluções para questões ou preocupações que o levaram a procurar a terapia.

  • Aprender novas formas de lidar com stress e ansiedade.

  • Conseguir uma melhor gestão de emoções poderosas como a raiva, o luto e a depressão. 

  • Aperfeiçoar competências de comunicação e escuta. 

  • Mudar padrões de comportamentos antigos e desenvolver novos. 

  • Descobrir novas formas de resolver problemas num determinado contexto

  • Melhorar a sua auto-estima e reforçar a auto-confiança.

A medicação pode substituir a terapia?

Em alguns casos, a combinação de medicação e terapia é a forma mais adequada de intervenção, pelo que é importante trabalhar em conjunto com o médico de família ou psiquiatra, nessas situações. Está comprovado que os problemas mentais e emocionais, e a dor que causam, não pode ser resolvida exclusivamente com medicação. A medicação tende a tratar o sintoma, a terapia aborda a causa da angústia e os padrões comportamentais que limitam o progresso. A forma mais adequada de alcançar um crescimento sustentável e uma maior sensação de bem-estar é através de uma abordagem integrativa ao indivíduo. 

Trabalham com acordos e seguros?

Para saber se as sessões são cobertas pelo seu seguro ou plano de saúde, deverá contactar directamente a entidade respectiva.

Para tal, confirme:

  • Quais os benefícios na saúde mental?

  • Qual o valor coberto de cada sessão terapêutica?

  • Quantas sessões são cobertas?

  • Quanto é que o seguro/plano devolve se for um provedor fora da rede?

  • É necessária uma requisição médica a atestar a necessidade de terapia?

Saiba mais sobre os valores das sessões e acordos aqui.